Cometas 2017 Restaurantes

Os Melhores Restaurantes de Lisboa – Os 10 Magníficos

Cometas 2017

icons8-cometa-50

E aí estão eles. Os maiores de 2017. Os meus restaurantes preferidos da Grande Lisboa. 

A escolha foi feita de acordo com o tipo de restaurante. Se usar esta lista, nunca se vai aborrecer. É uma lista para comer tudo, para comer de tudo.

A avaliação da comida está no topo dos critérios de selecção, mas há também o preço, o ambiente, o espaço e o serviço.

Por serviço, não se entenda quatro copos e atoalhado ou empregados de colete cheios de salamaleques. Isto não são estrelas Michelin, são Cometas. Serviço é saber das relações humanas, é conhecer o que se serve.

Talvez estranhem a ausência de alguns fine dining ou outros campeões das listas. A razão principal — em muitos casos, há outras — tem a ver com isto: preço. O preço, ao contrário do que alguns dizem, não é relativo, porque o salário das pessoas não é relativo.

Esta lista procura ser equilibrada nesse aspecto. Não fosse o critério “preço” e talvez o Mi Dai tivesse perdido para o Estoril Mandarim.

O mesmo relativamente ao Melhor restaurante de Cozinha Tradicional Portuguesa. O Solar dos Presuntos podia muito bem ser o vencedor, mas eu diria que o valor de uma refeição lá (que é muito) não chega para compensar o valor da factura (que é ainda maior).

Os 10 Magníficos são sítios que nunca me desiludiram e que mantêm uma solidez à prova de conjunturas externas. Comi neles pelo menos uma vez este ano, nalguns muitas, e são os restaurantes que mais vezes tenho recomendado.

Olhando agora a lista, reparo que muitos são clássicos, outros quase-clássicos. É a vida. É o que temos.

Façam bom uso deles. Eles merecem.

1- Cervejaria Sé da Guarda
Melhor Tasca de Lisboa
icons8-cometa-50

2 – Go Juu
Melhor restaurante Japonês
icons8-cometa-50

3 – Midori
Melhor restaurante de Fine Dining
icons8-cometa-50

4 – Taberna da Rua das Flores
Melhor Taberna Estilosa
icons8-cometa-50

5 – Salsa e Coentros
Melhor restaurante de comida tradicional portuguesa
icons8-cometa-50

6 – Mi Dai
Melhor restaurante Chinês
icons8-cometa-50

7 – Casanova
Melhor Pizzaria
icons8-cometa-50

8 – Tentações de Goa
Melhor restaurante Indiano
icons8-cometa-50

9 – A Cevicheria
Melhor restaurante Sul-Americano
icons8-cometa-50

10 – Ground Burger
Melhor Hamburgueria
icons8-cometa-50

 

 

 

Anúncios

6 comments on “Os Melhores Restaurantes de Lisboa – Os 10 Magníficos

  1. Pedro Lopes

    Bela lista! O novo Stop também merecia ali uma menção, apesar da Sé da Guarda ser mesmo bom para petiscos (melhores moelas, caracois, pipis, e até cerveja!)
    Zero Zero tem umas valentes pizzas,

    Groundburguer é mesmo o melhor da cidade! Mas os preços para uma refeição completa são exagerados!

    Inventaria uma categoria para Centros Comerciais (é raro lá comer!) mas os tacos e burritos + bebida por 5 euros do Bala nas Amoreiras são o melhor achado!

    Cumps gastros

    • Ainda não fui ao novo Stop, mas quero ir. Boa ideia essa dos centros comerciais. Quem sabe para o ano.

      • Pedro Lopes

        Perdeu aquela mística do Campo de Ourique mas a comida continua óptima e a carta de vinhos também.

        Para o ano 🙂 abraço!

  2. Artur Hermenegildo

    Também concordo com a ideia de uma categoria para “Centros comerciais”, porque cadavez mais substituem as tascas nas opções do dia a dia para almoço.
    Sugeria (já o fiz no FB) que a categoria “Pizzaria” passasse a um mais abrangente “Restaurantes Italianos”.
    E já vai havendo restaurantes asiáticos que nãoencaixam nas três categorias propostas, quer porque servem comida de outras origens – tailandês, sírio – quer porque são transversais a várias geografias, como o Soi, onde comi recentemente e de que gostei muito.

    Dito isto, é uma lista muito interessante, sem dúvida.

    Depos de sair a votação do Mesa Marcada partilho aqui a minha lista para a mesma, agora ainda não o posso fazer.

    • Pedro Lopes

      Acho que o Bala é a única opção para onde vou quando páro pelas Amoreiras, mas sou mesmo pouco fã de comida em Centros

      Boa nota sobre a da Pizzaria
      Cumps

  3. Artur Hermenegildo

    Na categoria 4, e sem desprimor para a Taberna do André, de quem sou amigo há anos, a Taberna do Sal Grosso merece toda a atenção e seria também um justo “vencedor”.

    Tal como, na categoria 1, o Maçã Verde, na 6 o Dinastia Tang ou o The Old House, na 9 o Qosqo (gosto muito mesmo da Cevicheria, claro, mas o critério “preço” puxa-me pelo Qosqo…)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s